É muito importante ter uma marca que transmita os valores da empresa, que seja única e diferenciada das demais para ganhar reputação, tornar seus produtos e serviços mais conhecidos e ser a preferência dos clientes frente às concorrentes. Mais importante ainda é salvaguardar o seu direito de exclusividade sobre sua marca.

Existem muitos motivos para você investir na exclusividade da marca dos seus produtos e serviços, neste post você vai descobrir os 3 principais motivos para investir nisso. Confira!

Diferenciar o seu negócio

O cliente é capaz de distinguir de longe quando uma empresa é amadora ou profissional. A sua identidade visual, o design, as cores do seu logotipo revelam visualmente os valores dos seus produtos e serviços. Uma marca profissional de qualidade transmite a mensagem correta que você deseja comunicar dos seus valores e princípios.

Quando duas empresas trabalham com os mesmos produtos e serviços e ainda têm marcas parecidas os clientes podem se confundir e fazer associações indevidas. Uma concorrente, por exemplo, pode levar os créditos pela qualidade dos seus produtos ou por um bom atendimento, ou ainda, a sua empresa pode receber indevidamente as críticas e reclamações de outra.

Isso é muito ruim para qualquer negócio, pode acabar com a uma reputação construída durante anos. Com o registro da sua marca você terá exclusividade no seu ramo de atividade, dessa forma nenhuma concorrente poderá te copiar sob o risco de terem que responder judicialmente e ainda te ressarcir pelos danos causados.

Assegurar o seu negócio

Você já imaginou? Depois de ter tido todo o trabalho para a construção do sucesso da sua empresa descobrir que o direito de usar a marca não te pertence, ser acusado de pirataria, sofrer um processo judicial, ter de pagar uma alta indenização e ainda ser obrigado a interromper o uso da marca de repente?

Parece um absurdo? Mas não é. Isso inclusive é mais comum do que se imagina, por isso você não pode correr o risco de perder sua marca. De acordo com as estatísticas do INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial mais de 430 registros são solicitados todos os dias.

Sem o registro no INPI outra empresa pode ter registrado sua marca sem que você tenha conhecimento e ainda poderá obrigá-lo a interromper o uso da marca, cobrar indenização pelo tempo de uso desautorizado, mesmo que você já faça uso dela há muitos anos (salvo raras exceções e que demandaram um batalha !).

Leia também:  Empresa de marcas e patentes: como pode auxiliar contadores?

Garantir o seu patrimônio

Em muitos casos a marca de uma empresa é o seu bem mais valioso, chegando a valer mais que todo seu patrimônio material, ou seja, mais um motivo para você investir na exclusividade da sua.

A Apple, por exemplo, há seis anos ocupa o ranking das marcas mais valiosas do mundo, avaliada em US$154,1 bilhões, seguida pelo Google US$82,5 e pela Microsoft US$75,2 o que faz toda diferença em uma operação de compra e venda de empresas. Há casos também em que uma marca renomada pode ir a leilão em processo de falência para fazer jus aos débitos, claro que isso só é possível se a empresa tiver o registro no INPI.

Tal como é necessário ter o registro no CNPJ para ser dono da sua empresa, a escritura em seu nome para ser proprietário do seu imóvel, o documento do carro em seu nome para ser proprietário do seu veículo, também é necessário ter o registro no INPI para ser dono da sua marca.

Esses são os principais motivos pelos quais você deve investir na exclusividade da sua marca e não deve jamais ser visto como um custo desnecessário, pois é a melhor opção para proteger seu negócio e evitar futuras disputas judiciais.

Gostou do conteúdo? Continue de olho em nosso blog e curta a nossa página no Facebook para ficar por dentro de mais conteúdos como esse.