Um dos segmentos mais fortes no mercado nacional é o de rede de franquias. Uma ida ao shopping e é possível comprovar tal informação. Por isso, várias empresas trabalham com o intuito de entrar no setor e promover uma expansão da rede de franquias.

A modalidade é um dos meios mais seguros para promover o crescimento de um negócio e tornar marcas conhecidas e valorizadas no mercado. Porém, como qualquer outro investimento no mundo corporativo, é preciso obter conhecimento detalhado para evitar e ultrapassar as armadilhas do caminho.

Assim, este artigo discorrerá sobre como o uso de franquias pode ser importante para o crescimento da empresa e apresentará dicas de como fazer isso da maneira correta. Acompanhe a leitura e confira.

A importância da expansão da rede de franquias

Como dito na introdução, entrar para o segmento de franquias pode ser uma das maneiras mais lucrativas para difundir um negócio. Essa estratégia possibilita que uma empresa tenha, em diferentes regiões, uma espécie de filial, com as mesmas características e modelo de trabalho.

Em outras palavras, a franquia pode ser a chance de uma pequena sorveteria localizada numa cidade interiorana se expandir e tornar a sua marca conhecida em todo Brasil — talvez algo muito além do esperado pelos próprios donos quando iniciaram o negócio.

Porém, como qualquer estratégia de investimento, franquear também tem seus riscos. Assim, antes de decidir, o empresário deve entender por completo como funciona esse sistema, além de ter um planejamento para não ser surpreendido.

rede de franquias

A necessidade de conhecer o mercado e planejar

Em primeiro lugar, é preciso ter a certeza de que franquear é a forma mais indicada para a empresa crescer. Existem outros meios de realizar uma expansão, como se unificar a outra empresa, venda de licença de produtos, entre outros.

É necessário uma análise de mercado, saber se a sua marca, produto ou serviço são bem aceitos fora da sua região (bairro, cidade, estado) e avaliar o quanto será necessário para começar uma rede de franquias.

Tendo a convicção e confirmação de que este é o melhor caminho para expandir, você precisará construir um planejamento que lhe dê uma estrutura sólida durante o caminho.

O que considerar no planejamento estratégico da expansão

O planejamento estratégico é o que dará base ao empresário para iniciar o crescimento da marca. No caso da franquia, você pode dividir o planejamento em duas partes.

Custos envolvidos para expandir rede de franquias

Esta etapa do desenvolvimento é quando são analisados os valores que serão necessários para começar a franquia. Você pode considerar gastos como, por exemplo:

  • apoio aos franqueados;
  • treinamento de pessoal;
  • divulgação e marketing;
  • consultoria jurídica;
  • mobiliário.
Leia também:  4 formas de investir em marketing com mais segurança

Todo e qualquer gasto, do mínimo ao mais relevante, deve constar no planejamento estratégico. Isso será essencial para evitar que, no meio de uma etapa importante, o caixa fique negativo.

Determinar o tipo de expansão

Existem alguns tipos de expansão que você pode considerar para a franquia. Um dos mais utilizados e recomendados é o “crescimento em espiral”. A ideia é que a disseminação da rede inicie com um número reduzido de franqueados nos primeiros 12 meses.

Além disso, prioriza-se a abertura de unidades próximas à loja principal ou, pelo menos, no mesmo mercado de atuação. É uma forma de conseguir estabilidade e segurança financeira antes de se aventurar em desafios maiores.

Como fazer a expansão de rede de franquias

Agora que você já sabe como uma expansão de franquias pode ser lucrativa para o negócio, bem como a necessidade de cautela e planejamento para o sucesso da empreitada, apresentaremos 5 dicas essenciais para você crescer por meio do franchise da forma correta. Acompanhe.

1. Crie um plano de expansão

O plano de expansão é a “cartilha” que os franqueados precisarão seguir para se tornar uma unidade da sua empresa. No documento, você pode ser específico sobre padrões como por exemplo:

  • tipo de fachada;
  • mobílias do local;
  • atendimento;
  • tamanho do estabelecimento.

Além disso, é importante incluir manuais, tipos de treinamentos, além de contratos e outros documentos necessários.

2. Seja criterioso na seleção dos franqueados

Um dos maiores segredos de franquias de sucesso é utilizar critérios na hora de aceitar novos investidores. Esse cuidado é extremamente necessário, pois não basta ter o poderio financeiro, é essencial que o candidato se encaixe no perfil esperado pela empresa.

Por isso, faça questão de conversar com os interessados individualmente, tente não deixar isso nas mãos de terceiros, principalmente no início do negócio. O indicado é que só se feche contrato se o futuro franqueado se comprometer a seguir todas as exigências da cartilha de expansão.

3. Forneça os treinamentos necessários

Por mais que se dedique, um franqueado não consegue repassar as exigências da matriz se não houver a devida preparação. Por isso, tenha os treinamentos preparados e aplique para todos os colaboradores das novas unidades.

É durante os treinamentos que todos poderão entender de forma concreta o padrão e a qualidade exigidos pela empresa. Além das partes teórica e prática, é importante disponibilizar manuais e o procedimento operacional padrão de cada atividade.

Leia também:  Espionagem industrial: confira como se proteger

4. Ofereça o suporte necessário

É essencial que o franqueado entenda que a empresa principal não faz exigências sem dar apoio. Mostre que a unidade terá todo suporte, a começar pela escolha do ponto comercial, e que essa primeira decisão pode influenciar bastante no sucesso ou não do empreendimento.

Além, é claro, do apoio em treinamento, divulgação, preparação de produtos, entre outros. Tudo para que o investidor tenha segurança e a certeza de que não trabalhará sozinho.

5. Acompanhe as unidades franqueadas

Acompanhar as lojas da franquia é importante para identificar dificuldades e prestar o apoio, mas também é essencial para que o empresário se certifique da correta execução das atividades acordadas e da devida utilização da marca.

Não se limite apenas às visitas, realize auditorias e pesquisas. Estas são estratégias necessárias para identificar falhas e criar um plano de ação para sanar os problemas.

Busque apoio de Especialistas

Essas informações servem para que você tenha ideia geral sobre o sistema de franquias e os principais aspectos que devem ser considerados, mas é fundamental que você busque informação e apoio de especialistas para ajudá-lo nessa jornada.

Existem diversas empresas que podem ajudá-lo a formatar o melhor modelo de franquia para o seu negócio, ajudando na construção de todo o plano e, sobretudo, ajudando a executá-lo.

É claro que você deve se alimentar de informações sobre o mundo das franquias, até mesmo lendo a lei de franquias que é um texto relativamente curto e traz as regras gerais desse tipo de negócio, mas não se esqueça que você precisará da expertise de profissionais com formação especifica e, multas vezes, de orientação multidisciplinar. Serão diversos contratos e mudanças até na sua estrutura societária.

Acelerar o crescimento da empresa por meio da expansão da rede de franquias é uma alternativa viável e que pode trazer um bom retorno financeiro. Porém, é necessário buscar o máximo de informação sobre o segmento e elaborar um planejamento estratégico detalhado para obter sucesso. Aplique as dicas apresentadas e alavanque os resultados de sua empresa.

Gostou do artigo sobre expansão da rede de franquias? Quer ficar atualizado com as postagens? Assine a nossa newsletter.

Mestre em Direito Penal Econômico Internacional e Especialista em Propriedade Intelectual.