Saber como investir em Bitcoins tem virado sinônimo de retorno financeiro certo. Criada há quase 10 anos, a moeda virtual tem ganhado uma visibilidade crescente no mundo inteiro. As dimensões que a bitcoin tem adquirido são tão grandes que não apenas investidores e profissionais do mercado financeiro tem se interessado pela moeda.

As aplicações da moeda hoje extrapolam a especulação financeira, ela tem criado verdadeiros paradigmas na economia mundial, criado novas formas de emprego e, gradativamente, tem sido aceita até mesmo como moeda de troca direta em alguns estabelecimentos.

O maior destaque da bitcoin é a maneira como tem sido espantosamente lucrativa para seus investidores e, por isso, a visibilidade da criptomoeda tem aumentado exponencialmente.

O que é a bitcoin?

Assim como o real, o dólar ou o euro, a bitcoin é uma moeda. O que a diferencia das demais é que sua estruturação e funcionamento é completamente virtual, ou seja, ela não existe fisicamente.

Além disso, ao contrário das moedas tradicionais, a bitcoin não tem emissão controlada por algum Banco Central. Sua produção é exclusivamente digital e descentralizada, mantida por pessoas do mundo inteiro em seus computadores, onde criam, registram e fazem transações com as criptomoedas.

O processo de criação de uma bitcoin é denominado “mineração”. Nele, os computadores interligados pela internet disputam a resolução de problemas matemáticos e o vencedor é contemplado por um bloco da moeda.

De modo a limitar o crescimento da moeda, o idealizador e desenvolvedor Satoshi Nakamoto estipulou o limite de 21 milhões de unidades de bitcoin que poderão ser transacionadas até 2140. Para manter esse controle, o nível de complexidade e dificuldade dos desafios matemáticos lançados é periodicamente ajustado pela rede.

Ademais, periodicamente o valor das recompensas atribuídas aos vencedores dos desafios é reduzida. Parece bastante complicado, não é verdade? Mas, calma! Essa não é a única maneira de investir e utilizar a moeda, existem opções bem mais simples. Entenda melhor na sequência.

Como é possível adquirir Bitcoins?

Inicialmente, quando criada em 2009, qualquer pessoa que tivesse o software poderia “minerar”, bastando, para isso, manter as máquinas constantemente ligadas. Como o aumento de interessados cresceu muito, a tarefa de criação das bitcoins passou a ser restrita a quem possuía super máquinas. Porém, além da mineração, é possível adquirir bitcoins também aceitando bitcoins como moedas de troca ou adquirindo-as em casas de câmbio específicas.

Leia também:  12 coisas que a Samsung fabrica e você não sabia

As moedas são armazenadas em uma espécie de carteira virtual, que é disponibilizada ao usuário quando ele cria seu cadastro no software. Feito o cadastro, o indivíduo recebe um código em números e letras chamado de “endereço”, é o que será utilizado para a realização de transações.

Desse modo, quando o detentor da(s) bitcoin(s) deseja transacionar sua moeda´em uma comercialização, ele deverá fornecer esse endereço ao vendedor. Todo o processo mantém no anonimato o nome dos envolvidos. Entretanto, a transação fica permanentemente registrada no sistema de maneira pública e não pode ser desfeita.

Outra aplicação da bitcoin é a sua utilização também para contratação de serviços e comercializações internacionais. Embora o número de lugares que adotam a moeda virtual como meio de pagamento ainda seja pequeno, especialmente no Brasil, a tendência é que o aumento desses lugares que aceitam a bitcoin continue crescendo
progressivamente.

 Como investir em Bitcoins e minerar dados

 

Como investir em bitcoins?

Além da mineração, uma das maneiras mais utilizadas para o investimento em bitcoins é a utilização da moeda para a especulação financeira. Ou seja, você acompanha as projeções e previsões do mercado para a cotação da moeda virtual e escolhe o melhor momento de comprar e vender suas bitcoins (ou frações delas para quem faz investimentos menores).

Um dos motivos pelos quais a bitcoin tem adquirido tanta visibilidade é devido ao grande número de pessoas que enriqueceram rapidamente comprando e vendendo a moeda, ou seja, lucraram com um mercado de especulação geralmente mais restrito para profissionais e especialistas da área.

O fato de que a moeda é completamente controlada virtualmente também é um grande atrativo por tornar todo o processo de investimento mais ágil e menos burocrático. A dica é: se você deseja investir o seu dinheiro em bitcoins, estude e pesquise muito a respeito antes de fazê-lo e, de preferência, consulte especialistas.

Como investir em bitcoins de forma segura

Como investir em Bitcoins de forma segura?

No que se refere à rapidez e segurança das comercializações e transações feitas online, a bitcoin é considerada uma moeda segura. No entanto, no que diz respeito à especulação financeira, trata-se de um investimento de riscos tão altos quanto as boas perspectivas, que também são elevadas.

Existem diversas empresas que realizam um trabalho de qualidade na mineração das bitcoins e que abrem espaço para parceiros e investidores. A ideia é que você colabore investindo na aquisição de equipamentos e a empresa retorna com uma participação nos lucros.

Leia também:  10 invenções de Thomas Edison que ainda utilizamos hoje

Contudo, desconfie de promessas muito absurdas e irreais, como a de empresas de marketing multinível que prometem ganhos elevados em troca de baixos investimentos. Muitas dessas empresas se valem da ignorância em relação ao tema dos seus investidores e lucram em cima de suas ganâncias, sendo recorrentes, inclusive, os casos de golpes.

Por isso, saber como investir em Bitcoins, é fundamental para que se tenha certeza de como suas transações estão sendo realizadas. Escolha calmamente o melhor momento para o investimento e nunca arrisque seu patrimônio de sustento básico neste investimento.

Como investir em Bitcoins no Brasil?

Interessados em investir na moeda no Brasil podem adquiri-la em estabelecimentos diversos como a Foxbit, a Bitcoin to you e pelo Mercado Bitcoin. Existem outros estabelecimentos, porém estes são os que apresentam maior liquidez e melhor atuação no mercado. Em outras palavras, adquirindo bitcoins nesses lugares você poderá vendê-las com facilidade na posteridade, quando lhe for interessante.

Outro ponto interessante a ser ressaltado é que não existem taxas para a realização de depósitos em real ou bitcoin (o que, por si, já é um grande diferencial em relação a moedas não virtuais). Ademais, as transferências são simples e identificadas com agilidade. Se ainda tem alguma dúvida de como investir em  Bitcoins deixe seu comentário abaixo ou nos envie um me-mail clicando aqui.

 

Mestre em Direito Penal Econômico Internacional e Especialista em Propriedade Intelectual.